16

jun

Precisamos falar sobre isso! “A luta contra a exploração infantil é o ano inteiro!”

Precisamos falar sobre isso! “A luta contra a exploração infantil é o ano inteiro!”

No Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de maio, o Centro de Educação em Saúde realizou um bate-papo online com Domênica Faria, psicóloga da Fundação Julita, e o assistente social Everton Borges.

A proposta foi de aproveitar esse dia para abrir o debate sobre este tema tão importante e poder discutir quais caminhos podemos seguir para apoiar essa luta durante todo o ano.

Entre diversas abordagens e perguntas dos participantes, o tema mais citado foi: "o que fazer diante de sinais de abuso".

O convidado, Everton Borges, que faz parte da equipe especializada em situações de violência a crianças e adolescentes vítimas ou que presenciaram situação de violência, cita os canais de denúncia como o Disque 100 e exemplifica: 

"Todo e qualquer sinal de que algo no desenvolvimento não corre bem é um alerta que deve inspirar preocupação e atenção. O 1º movimento importante é levar em conta qual a perspectiva que a criança tem em relação ao que está dizendo. O 2º movimento importante é que a gente precisa legitimar, acolher.”

Assista a live completa 

 CLIQUE AQUI 

18 de maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
*Esta data foi determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973.

Compartilhe

Fale conosco

Quer fazer uma doação, saber mais sobre a Fundação Julita ou ser um parceiro? Entre em contato conosco,teremos o maior prazer em te atender!

CLIQUE AQUI
Aviso

Utilizamos cookies para melhorar a experiência dos usuários e os nossos anúncios. Ao navegar pelo site, você autoriza e concorda com a nossa política de privacidade