02

jul

Ações pedagógicas em meio à pandemia

Ações pedagógicas em meio à pandemia

Desde a sua criação, em 1951, a Fundação Julita atua em prol da comunidade do Jardim São Luís e bairros vizinhos, realizando um trabalho frente aos direitos humanos básicos e fundamentaisPassaram-se 68 anos e esse trabalho só cresceu e a cada dia novos desafios se apresentam. 

Recentemente, a Fundação foi surpreendida pelo cenário atual da pandemia do Coronavírus e, seguindo as determinações dos órgãos oficiais, as atividades presenciais foram suspensas para prevenir riscos à saúde dos educandos e seus familiares. No entanto, a organização não interrompeu sua missão e seus objetivos. Com urgência, tem buscado novos formatos e processos para dar suporte e apoio para os educandos e seus familiares atravessarem esse momento da melhor forma possível. 

“Mesmo distantes fisicamente, continuamos juntos usando a tecnologia ao nosso favor”, reforça Jânio de Oliveira, Gestor Pedagógico da Fundação Julita. 

Além da Campanha Emergencial que buscou recursos para oferecer cestas básicas e cartão-benefício às famílias, as equipes pedagógicas dos programas que beneficiam desde o berçário até a terceira idade planejaram e buscaram alternativas para continuar prestando apoio e desenvolvendo atividades com os educandos de forma remota, naturalmente que considerando as especificidades e condições de cada educando. 

Mapeamento do acesso

O primeiro passo tomado pela gestão pedagógica foi realizar uma atualização de dados de cada educando.  Isso ajudou a identificar quais os tipos de acessos à internet e meios que as famílias possuem. Desta forma, cada programa desenhou ou está em fase de criar fluxos de atuação levando em consideração o mapeamento. Além disso, estão sendo realizados contato telefônico, aulas por aplicativo, criação de blogs com conteúdos segmentados, grupos no whatsapp, dentre outros. 

Veja abaixo o que cada programa vem realizando até o momento:   

Programa Castanheira 

  • Dicas e orientações sobre criar rotina com as crianças e como manter o diálogo. 

  • Projeto “Brincando em Casa”, com sugestões de brincadeiras e atividades em família.

  • Dicas de canais online de contação de histórias e filmes para assistir em família.

  • Criação de um blog com conteúdos diversificado> https://centrodeeducacaomariaizabel.blogspot.com/?m=0

  • Ligações periódicas para as família 

  • Criação de grupos de whatsapp, por turma, como meio de comunicação e interação

Programa Ipê-Amarelo

-Contato individualizado para o apoio e o encaminhamento de necessidades das crianças e famílias do Projeto Ipezinho ( crianças de 4 a 5 anos) 

-Planejamento e estruturação de atividades para serem realizadas via Whatsapp (tido como o meio de comunicação mais democrático para se chegar às famílias).

-O início dos encontros vai ter como foco ações socioeducativas envolvendo acordos e combinados no ambiente virtual.

- Semanalmente são realizadas reuniões (à distância) formação com os educadores (as) com os temas: infâncias, famílias, território e gênero. E rodas de conversa para a acolhida e diálogo sobre o momento que os profissionais estão vivenciando diante da pandemia.  

Programa Paineira

  • Contatos individualizados com apoio e encaminhamentos aos jovens e adultos.

  • Envio de material informativo com dicas de cuidados e prevenção do Coronavírus produzido pela comunicação institucional da Julita.

  • Formação contínua com educadores envolvendo pesquisas de conteúdo, estudo de plataforma remota e formação pedagógica com a coordenação pedagógica.

  • Encontros remotos com os educandos divididos em grupos com atividades direcionadas.

Programa Araucária

  • Acompanhamento por telefone com todos os idosos acerca de sua saúde física e mental nestes tempos de pandemia assim como suas necessidades de apoio.

  • Para os idosos que não tem rede social, foi desenvolvido o projeto “Compartilhando Experiências”, com a proposta de fazer leitura de texto e poesias.  

  • Atividades de Convivência através das Redes Sociais, que estão ocorrendo no mesmo dia e horário em que aconteciam presencialmente. As atividades desenvolvidas virtualmente são:  Afromix, Lian Gong, Alongamento, Yoga e Pilates, encontro literário e teatro (somente o Yoga precisou passar por alteração de dia e  horário) 

As equipes de gestão, coordenadores, educadores e áreas administrativas seguem trabalhando (remotamente e presencialmente). “Seguimos comprometidos com a continuidade das atividades e desenvolvimento de cada beneficiado, com a mesma qualidade e dedicação. Graças à tecnologia, podemos manter os contatos com os educando e seus familiares E, quando tudo isso passar, voltaremos melhores e mais fortes”, finaliza Jânio.

Compartilhe

Fale Conosco

Quer fazer uma doação, saber mais sobre a Fundação Julita ou ser um parceiro? Entre em contato conosco, teremos o maior prazer em te atender!

Entrar em contato