O que é o Lian Gong?

O Lian Gong surgiu na China nos anos 60 por intermédio do famoso médico ortopedista, Dr Zhuang Yuan Ming, como uma forma de permitir aos seus pacientes que continuassem a fisioterapia por conta própria. 

 Rapidamente, esta técnica se tornou muito popular na China, basicamente por duas razões:  o reconhecimento dos seus benefícios para a vida urbana em Shangai, onde já se experimentava os efeitos do sedentarismo e lesões por esforço repetitivos (LER), e também devido ao hábito da população chinesa de fazer exercícios logo pela manhã.


Em 1978, Maria Lucia Lee conheceu a prática, que despertou de imediato seu interesse, em visita à China. Tentou entrar em contato com o seu criador, teve dificuldades inicialmente, mas tudo conspirou para que ela pudesse conhecê-lo e inclusive ter a permissão de difundir o Lian Gong no Brasil.

Já em São Paulo, Lucia traduziu os livros do Dr Zhuang para o português, iniciou a divulgação em seu programa na TV Cultura, e teve um carinho todo especial na promoção da técnica, principalmente como uma prática aberta ao público.

 Hoje o Lian Gong está muito difundido no Brasil; é a terapia mais recomendada pelo Sistema de Saúde como prática integrativa e complementar aos tratamentos. Sem dúvida se trata de uma prática para a população urbana “forjar” um corpo saudável.

Talvez fosse ainda mais popular se a Medicina Tradicional Chinesa, que é acima de tudo uma filosofia de vida, fosse mais conhecida no país, mas, com todo esse potencial, nós, da Via Cinco, acreditamos que este processo de divulgação ainda vai dar muitos frutos à população brasileira.

 

Só estamos começando! 

 

Attílio Fontana é proprietário da Via Cinco, empresa com viés social que trabalha para que as práticas da medicina tradicional chinesa façam cada vez mais parte dos hábitos dos brasileiros. Parceiro da Fundação Julita desde 2004, Attílio trouxe o Lian Gong para a organização, beneficiando os idosos do Programa Araucária (Núcleo de Convivência do Idoso). Desde 2017, a Fundação Julita é um polo de formação e multiplicação do Lian Gong, tornando-se um local de capacitação de instrutores de Lian Gong da zona Sul de São Paulo, com 12 pessoas formadas. A expectativa é formar mais de 60 instrutores até o fim do ano de 2018.

A cada trimestre ele publicará um artigo no nosso site sobre as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs).

Fale Conosco

Quer fazer uma doação, saber mais sobre a Fundação Julita ou ser um parceiro? Entre em contato conosco, teremos o maior prazer em te atender!

Entrar em contato